A receita da Compuware fechou o terceiro trimestre do ano fiscal de 2011, encerrado em 31 de dezembro de 2010, em US$ 247 milhões, com aumento de 7,5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já o lucro líquido da empresa especializada em ferramentas de gestão somou US$ 34 milhões, alta de 39,3% ano/ano.

Conforme o presidente e diretor de Operações da Compuware, Bob Paul, as unidades APM e Covisint impulsionaram a expansão.

As renovações do mainframe subiram mais de 90%, atingindo receita de US$ 56,1 milhões; enquanto nos serviços profissionais o crescimento foi de 15%, com US$ 14,4 milhões, respectivamente.

Força no Brasil
No ano passado, a Compuware divulgou que sua subsidiária brasileira aposta no mercado de telecom para ampliar a representatividade do país no faturamento global, saltando dos atuais cerca de 7% para 10% dos negócios até 2012.

Uma das ferramentas em foco é o Vantage for Mobile, voltada para provedores de telecomunicações.

A solução permite gerir, em tempo real, a experiência de serviços de dados móveis de usuários, cruzando informações individuais de cada assinante e outras consideradas estratégias para o negócio.

Com escritórios próprios em 31 países, a Compuware atende a 95 das 100 maiores empresas listadas pela Fortune.

No Brasil, a empresa está desde 1993 e atende a mais de 100 clientes.