A gaúcha Elipse Software está automatizando o controle da subestação da Usina Termelétrica da Linhares Geração, localizada em Linhares (ES) com a solução Elipse Power.

Segundo a Elipse, a termoelétrica, que é capaz de gerar até 204 MW, potência suficiente para levar energia a 400 mil residências, busca um monitoramento melhor da operação.

Entre os recursos da solução oferecida estão o acompanhamento em tempo real das ocorrências mais recentes na unidade, podendo enviar comandos sobre disjuntores, chaves seccionadoras e transformadores, controlando a usina remotamente.

O Elipse Power também permite acompanhar as medidas digitais e analógicas, realizar comandos, visualizar gráficos e intertravamentos.

Também participaram na implantação as empresas WEG CNS, SEL - Schweitzer Engineering Laboratories e Energia Automação.

Inaugurada no dia 23 de dezembro de 2010, a usina, vai gerar em torno de 75 empregos, sendo 80% deles de mão de obra direta na UTE, segundo a direção da Linhares Geração.

Ao todo, foram investidos R$ 360 milhões para construir a usina, a primeira movida a gás natural liquefeito (GNL) no Brasil.

Desde dezembro de 2010, o Elipse Power roda localmente na subestação, em um computador dedicado da SEL, modelo SEL-3354, que possui uma IHM para oferecer operação local através de uma tela touch screen de 15 polegadas.

Além disso, a subestação pode ser operada por meio de dois consoles instalados na sala de controle da usina.

A IHM troca informações com os equipamentos da subestação se comunicando com outro computador dedicado da SEL, também do modelo SEL-3354, denominado “concentrador”, via protocolo DNP 3.0.