A Indra, multinacional de TI da Europa e América Latina, implantou o Centro Único de Coordenação e Controle de Emergências (CUCC) da cidade de Buenos Aires. O projeto é mais um passo na consolidação da empresa no continente latino-americano.

Buenos Aires é a primeira cidade na América Latina com esse tipo de instalação, já usada em cidades como Madri, Nova York, Paris e Londres.

O modelo da CUCC está  baseado no Centro Integrado de Segurança e  Emergências (CISEM), criado pela Indra para a Prefeitura de Madrid, em 2007.

A companhia tem sido responsável pelo desenho e implantação do centro em um prazo de seis meses e se encarregará de sua manutenção durante os próximos quatro anos.

Monitoramento 24x7
Com a tecnologia, a cidade poderá gerir de forma unificada as chamadas recebidas por telefone de emergências, e coordenar ações dos órgãos e áreas competentes que atuam em cada caso, como  emergências civis e médicas, incidentes de segurança e controle de tráfego.

Ele também permite articular a colaboração conjunta com outras organismos nacionais com competência em emergência e/ou desastres, como a Polícia Federal, ou empresas de serviços.

O cérebro do centro constitui o sistema integral de gestão de emergências iSafety, desenvolvido pela Indra, que dá suporte ao CUCC e a seu número de emergências. Em Bunenos Aires, ele inclui uma área de 2.500m2, que abriga uma sala de controle com capacidade para 65 operadores, sala de crises, salas técnicas, escritórios e salas auxiliares.

Além disso, conta com um centro de apoio localizado a 10 km de distância, com o equipamento necessário para garantir a operação em caso de falha geral do centro principal.

Há dois centros móveis, o Centro de Operações de Emergência (COE), veículos habilitados com comunicação via satélite e os mesmos sistemas do próprio CUCC, que permitem deslocar-se para o lugar da emergência para coordenar as intervenções no local.

O objetivo é contar com um sistema operacional 24x7.

De olho na AL
O projeto, cujo valor não foi revelado, marca a presença da empresa no mercado latino-americano, primeiro mercado regional em atividade internacional da empresa.

No final de julho, a espanhola anunciou a compra da Politec através da sua subsidiária brasileira, com a compra de 84,66% em mãos dos fundadores e os 8,77% sob controle da Mitsubishi Corporation por R$ 219,5 milhões.

A Indra
A Indra é uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação. É a segunda companhia europeia do seu setor em investimentos em P&D, com cerca de € 500 milhões investidos em três anos.

Em 2010, as vendas atingiram 2.557 milhões de euros. Conta com clientes em mais de 110 países.