A 29 Sul, de Teutônia, acaba de conquistar seu primeiro cliente no exterior: a TBWA, de Angola, adotou o SiGA - Sistema de Gestão de Agências da companhia gaúcha que, no Brasil, já é utilizado por 210 agências de publicidade.

O software, vendido no modelo SaaS, teve de ser customizado, com adaptações referentes à moeda e fuso horário, para atender ás necessidades do cliente africano, conta Felipe Diesel, um dos diretores da empresa gaúcha.

“Entre os novos recursos do SiGA, disponibilizamos aos assinantes a possibilidade de customizar alguns detalhes que fazem toda a diferença em um software como serviço: a localização!”, afirma Diesel.

Já André Traichel, outro sócio da 29 Sul, explica que o idioma português, falado em Angola, também auxiliou no atendimento à TBWA.

“O cliente poderá ajustar o fuso horário para sua capital, Luanda, e ainda utilizar nos PDFs e formulários a moeda corrente, o Kwanza. Se quiser pode também trabalhar em dólar e usar o fuso horário de alguma capital americana”, explica Traichel.

Além disso, o formato dos números também pode ser alterado, indo do Sistema Internacional para o americano, por exemplo.

“O mesmo se aplica no Brasil, onde temos diversos estados que não adotam o horário de verão e que precisam ter o horário local, algo que no novo SiGA é fácil como um click”, complementa Diesel.

Com “novo SiGA”, ele se refere à versão do software que foi reformulada em 2011, com linguagem Ruby on Rails substituída por PHP, entre outras novidades.