Marcelo Pacheco, diretor da Integrasul

A caxiense Integrasul, especializada em segurança da informação, acaba de inaugurar sua primeira filial, em Joinville.

Conforme o diretor da empresa gaúcha, Marcelo Travi Pacheco, a meta é que a filial incremente em 35% o faturamento geral da companhia este ano.

O executivo explica que a escolha por Joinville se deu pelo município se situar na “região mais industrializada de Santa Catarina, que engloba cidades estratégicas” e de onde a Integrasul projeta se expandir para o restante do estado.

A unidade, que conta com equipe comercial e técnica, sendo gerenciada a partir da matriz da companhia, vai reforçar o atendimento a atuais clientes locais, que somam projetos em andamento no setor privado e público; e focar a ampliação da carteira.

“Projetamos atender a todo o mercado catarinense com soluções e serviços especializados, garantindo proteção do ambiente de TI por meio de solução própria e parcerias estratégicas de peso que temos, como Trend Micro, Arkeia, Red Hat e Zarafa”, comenta Pacheco.

A solução própria da Integrasul é o NAC 3.4, software para controle e gerenciamento de ameaças virtuais (UTM – Unified Threat Management).

A ferramenta é modular, contando com recursos de firewall, webfilter, proteção de e-mail, antispam, suporte ao MSN e plugin HIDS, que integra análise de log, checagem de integridade de arquivos, monitoramento do registro do Windows, política centralizada, detecção de rootkit, entre outros.

Há 12 anos no mercado, a empresa caxiense atende a mais de 200 clientes, incluindo nomes como Totvs, Dakota, Soprano, Prefeitura de Caxias do Sul, Mundial e Farmácias São João.

No ano passado, a Integrasul registrou crescimento em torno de 30% no faturamento, além de expandir sua atuação via canais e parcerias, chegando aos mercados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, além do Rio Grande do Sul, Santa Catarina.

Uma parceria internacional também foi firmada em 2011, com a holandesa Zafara, para integração do NAC ao ZCP - Zarafa Collaboration Platform.

Conforme Pacheco, integradas, as soluções permitem até 50% de redução de gastos com produtos da Microsoft, funcionando como uma alternativa ao MS Exchange - conjunto de e-mail, calendário, contatos, colaboração e tarefas.

O ZPC fornece a conectividade de um servidor Linux com o cliente MS Outlook usando o padrão MAPI (Application Programming Interface).

A solução é integrável a Active Directory e LDAP e se apresenta em três edições diferentes como ferramenta de colaboração: Small Businnes, Professional e Enterprise.