Desde essa quarta-feira, 09, desenvolvedores têm à disposição uma ferramenta da Adobe que transforma arquivos de Flash em HTML.

A estratégia visa a possibilitar a visualização de vídeos e animações produzidos na primeira linguagem em dispositivos como iPhones e iPads, que suportam o HTML, mas não reproduzem arquivos em Flash em sua plataforma, o iOS.

O anuncio é um marco na longa batalha envolvendo a Adobe e a Apple.

Por ocasião do lançamento do iPad, a empresa de Steve Jobs fincou o pé na recusa de incorporar a leitura do Flash em seus dispositivos. Segundo a companhia, o Flash consome muita energia, além de ser ineficaz operacionalmente.

Como alternativa, eles apostam no HTML5.

Para a Adobe, a restrição é apenas uma forma de a Apple proteger as tecnologias desenvolvidos por ela.

De acordo com a Adobe, os arquivos em HTML convertidos pelo Wallaby poderão novamente ser indexados por programas de webdesign, como o DreamWeaver, e depois exportados novamente.

Chamada de Wallaby, a ferramenta pode pode ser baixada na internet (endereço nos links relacionados abaixo)