Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft será uma das patrocinadoras Platinium – nível máximo de patrocínio – da primeira edição do LinuxCon no Brasil, que acontece no World Trade Center em São Paulo entre 31 de agosto a 1 de setembro.

Sandy Gupta, diretor de Estratégias de Plataforma da multinacional, é um dos keynotes speakers do evento, promovido pela organização sem fins lucrativos Linux Foundation, patrocinadora do trabalho do criador do Linux, Linus Torvalds.

Tradicional conferência no mundo open source, a LinuxCom é realizada há 10 anos em São Francisco.

O patrocínio da Microsoft dividiu opiniões em listas de discussão ligadas ao software livre entre os que elogiaram o "pragmatismo" da decisão e que condenaram a "incoerência ideologica" dos organizadores.

No Fisl 7.0
Não é a primeira participação da Microsoft em eventos ligados à comunidade do software livre. Na sétima edição do Fórum do Software Livre, realizado em Porto Alegre em 2006, compareceram executivos da multinacional.

Indiretamente, é verdade. Roberto Prado, gerente de Estratégia de Mercado da Microsoft Brasil, foi entrevistado em um estante da Infomedia TV no local, aparentemente, sem convite da organização do evento.

A presença de Prado atraiu a atenção de freqüentadores do Fisl e uma intervenção de do guru Richard Stallman, que aproveitou o fato de ser 21 de abril para repetir aos gritos repetia o bordão inconfidente “Libertas quae sera tamen”.