Em comemoração ao aniversário de cinco anos do caderno de bairro ZH Moinhos, Zero Hora presenteará os leitores com uma iniciativa inédita no Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira (12), o suplemento, com circulação em outros quatro bairros próximos ao Moinhos de Vento, em Porto Alegre, apresentará todas as imagens em 3D. As fotos da edição especial e das seções tradicionais poderão ser visualizadas com óculos, que serão encartados no jornal.

Entre as atrações do suplemento de 24 páginas, o leitor terá um infográfico em 3D com números do bairro e reportagem especial com os personagens da primeira edição do caderno. Alguns dos anúncios também terão imagens em 3D. Nacional e Óticas Foernges patrocinam a publicação.

As imagens foram produzidas pelo fotógrafo Arivaldo Chaves com câmera 3D. Na hora do clique, o equipamento produz duas fotos, que são sobrepostas com a ajuda de um software.

Também na quinta-feira, os moradores da região de cobertura poderão participar da sexta edição do Café ZH, iniciativa que aproxima os jornalistas da comunidade. A equipe do ZH Moinhos estará no Press Café da Hilário Ribeiro, das 10h às 16h, para comemorar os cinco anos de cobertura local e comentar sobre a experiência de produzir um exemplar com imagens em terceira dimensão.

Os cadernos de bairros de ZH

Zero Hora publica seis cadernos voltados a regiões de Porto Alegre: os semanais ZH Moinhos, ZH Bela Vista, ZH Zona Sul e os mensais ZH Petrópolis, ZH Menino Deus e ZH Lindoia. Todos com reportagens hiperlocais e intensa participação dos leitores. Três dos seis cadernos têm blogs no site do jornal, produzidos por moradores das regiões de cobertura. O projeto começou em 2005 e foi ampliado ao longo dos anos. Em 2009, o modelo foi estendido à região metropolitana de Porto Alegre com o + Canoas. Em 2010, os leitores passaram a frequentar encontros com os jornalistas no projeto Café ZH.