Dueto nas prefeituras mais transparentes do RS

10/10/2011 16:35

No ranking das 20 prefeituras mais transparentes do Rio Grande do Sul, definido pelo TCE-RS, quatro usam o Pronim, software para divulgação de dados de gestão municipal da gaúcha Dueto: Santa Maria, Cachoeira do Sul, São Gabriel e Antônio Prado.

As cidades ocupam, respectivamente, a segunda, quarta, oitava e nota colocações no ranking, que tem a liderança dividida por Porto Alegre e Cachoeirinha.

Tamanho da fonte: -A+A

No ranking das 20 prefeituras mais transparentes do Rio Grande do Sul, definido pelo TCE-RS, quatro usam o Pronim, software para divulgação de dados de gestão municipal da gaúcha Dueto: Santa Maria, Cachoeira do Sul, São Gabriel e Antônio Prado.

As cidades ocupam, respectivamente, a segunda, quarta, oitava e nota colocações no ranking, que tem a liderança dividida por Porto Alegre e Cachoeirinha.

Além disso, a lista do TCE também traz câmaras de vereadores. Destas, usam a solução da Dueto as de Santa Maria (5ª colocação), Uruguaiana (6ª), Butiá e Rio Grande (ambas no 9º lugar).

O levantamento

Para eleger as prefeituras mais transparentes, o TCE-RS avaliou o grau de clareza e divulgação de dados dos portais das instituições, especialmente no que se refere a movimentações orçamentárias e financeiras.

Foram avaliados 990 órgãos executivos e legislativos do estado.

O ranking completo do TCE-RS pode ser conferido pelo link abaixo.

A solução
O Pronim permite disponibilizar informações na web, em tempo real, sobre todos os atos e fatos da administração pública municipal.

Conforme Rafael Sebben, diretor da Dueto, a solução coloca as gestões municipais em adequação à Lei da Transparência, que foi aprovada em 2009 e exige que os municípios mantenham seus portais com dados pormenorizados sobre orçamento, licitações, contratos, patrimônio e pessoal.

A lei é obrigatória para cidades com mais de 50 mil habitantes e facultativa para os de menor população, os quais têm até 2013 para se adaptar à exigência, que a partir disso vingará também para estas localidades.

Empresa do grupo Datasys e Cetil, a Dueto é especializada em sistemas de informática para o setor público municipal e tem sede em Porto Alegre e filiais em Santa Maria, Passo Fundo, Santa Rosa e Pelotas.

A companhia, que para este ano projeta crescimento de 20% no faturamento, atende a uma carteira formada por 313 órgãos públicos de mais de 160 municípios gaúchos.

Já a equipe de colaboradores soma 109 pessoas.

Além de solução de portal para atender ao Pronim, a empresa também fornece soluções como nota fiscal eletrônica e declaração eletrônica de ISS, além de sistemas para gestão administrativa, de saúde pública, educação e georreferenciamento, entre outras.

Veja também

Dueto: TI para prefeituras para crescer 20%

A gaúcha Dueto Tecnologia, empresa do grupo Datasys e Cetil, projeta crescimento de 20% no faturamento para 2011.

A companhia, especializada em sistemas de informática para o setor público municipal, é a líder de seu mercado no estado, segundo garante o diretor, Rafael Sebben.

Conforme o executivo, hoje a carteira de clientes da Dueto reúne 313 órgãos públicos em mais de 160 municípios gaúchos.

Prefeitura de Santa Rosa tem Portal do Cidadão

A prefeitura do município gaúcho de Santa Rosa elaborou o Portal do Cidadão, para oferecer serviços online aos moradores da capital.

A plataforma permite emitir certidões negativas de débito, comprovantes de folha de pagamento e renda, guias de pagamento, solicitar alvarás, protocolar requerimentos como aprovação de projetos de obras, entre outros.

POA: prefeitura ganha novo website
Está no ar o novo layout do site da Prefeitura de Porto Alegre, desenvolvido pela Procempa.
 
O espaço virtual dá mais destaque para a busca e para os diferentes perfis de usuários: turista, estudante, cidadão, servidor e empreendedor. 
 
Empresas focam ERP para prefeituras
A Paradigma Business Solutions, empresa de Florianópolis especializada em  soluções de relacionamentos e negócios eletrônicos; a W5 Solutions, focada em ERP; a Genarativa, do ramo de TI para o setor público e a Conam, consultoria em administração municipal, lançam um pacote conjunto de ofertas de TI para gestão de prefeituras.

A expectativa das empresas parceiras é implantar, até maio de 2010, o pacote de soluções em 100 cidades de todo Brasil.
ERP gaúcho grátis para prefeituras
A fabricante gaúcha de ERP para prefeituras DBSeller assinou uma parceria com a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento para distribuir gratuitamente sua solução pela Internet.

O e-cidade já está em uso em 15 cidades e será disponibilizado no Portal do Software Público Brasileiro depois do encontro Nacional de Tecnologia da Informação para os Municípios Brasileiros, que acontece em Brasília nos dias  27 e 28 de outubro.
Prefeitura de Canela escolhe ERP DBSeller
A porto-alegrense DBSeller acaba de assinar contrato com a Prefeitura Municipal de Canela, para a implantação do ERP DBPortal.

O software de Gestão Pública será implementado em todas as secretarias do município da Serra Gaúcha, com população estimada em 40 mil habitantes e 123 km distante de Porto Alegre.
IPM: BI para prefeituras em 03 estados
Originalmente utilizado para ajudar na tomada de decisões no meio corporativo, o BI é a aposta da catarinense Informática Publica Municipal (IPM) para seu principal mercado: as prefeituras.

A companhia aposta no software Atende.net, voltado à otimização e integração de todos os setores da administração municipal, interligado a um módulo de BI.
Prefeitura de Maringá adota GIS com Imagem

Prefeitura de Maringá implanta geotecnologia para modernizar gestão pública
 
A Prefeitura de Maringá iniciou a implantação de soluções de geotecnologia da Imagem para as secretarias da Fazenda, Planejamento, Saúde e Educação.

O projeto compreende um contrato de três anos do programa Enterprise Lincense Agreement (ELA), que possibilita a utilização de sistemas da Esri, empresa americana de softwares para GIS representada pela Imagem no país.

E-government: um novo paradigma?
Roberto Luis Bottino Pivetta, estudante de Sistemas da Informação da faculdade Dom Bosco, publica artigo no Baguete nesta segunda-feira, 04.

O texto descreve o funcionamento do e-government – portal de serviços e informações – adotado no Rio Grande do Sul, além de analisar as vantagens e pontos críticos na utilização do sistema.
Funcionários públicos são maioria no e-gov
A ampla maioria (66%) dos usuários de serviços de governo eletrônico são funcionários públicos.

É o dado mais curioso de uma pesquisa realizada pela PUC-PR com cinco mil usuários de 70 portais do governo divulgada nesta terça-feira, 09, que indica o quanto a realidade do e-gov ainda está afastada do brasileiro comum.