A comunidade Java está prestes a sofrer um racha.

Apache Software Foundation tem conclamado membros do Java Community Process (JCP) a votar contra a proposta da próxima versão da linguagem Java, caso a Oracle insista em impor restrições ao uso do código aberto.

Segundo a Computerworld, a reclamação da Apache é que a Oracle tem ignorado deliberadamente seus próprios termos de licença da tecnologia Java.

A organização sem fins lucrativos também sugeriu que poderia abandonar o grupo JCP se essas restrições de licenciamento continuarem em vigor. “Por que iríamos querer fazer parte de uma organização na qual as regras da lei não se aplicam?” disse Jim Jagielski, presidente e cofundador da ASF, ao IDG News Service

Para Jagielski, a permanência da ASF na JCP “seria uma vergonha”, enquanto indicativo de que a comunidade não tem importância dentro da entidade.

A batalha entre ASF e Oracle tem atrasado o processo de votação da próxima versão do padrão Java, o Java 7.

Na raiz do debate estão restrições chamadas Field-of-Use (FOU), aplicadas à tecnologia pela Sun Microsystems, antiga dona do Java, comprada pela Oracle no início deste ano. Contra a barreira, a ASF espera utilizar os 95% de aprovação de sua permanência no comitê executivo do JCP.

A batalha também envolve se as restrições deveriam ser aplicadas ao modo como as versões open source de Java são usadas.

Leia a matéria completa da Computerworld no link relacionado abaixo.