A Oracle lança a versão 13.3 da suíte Solaris Studio, para desenvolvimento de software em Fortran, C e C++, que garante acelerar o desempenho de aplicativos baseados em Sparc T4 e x86 em até 300%.

A nova suíte permite, de acordo com a fabricante, que os desenvolvedores compilem seus aplicativos 20% mais rápido que com versões anteriores.

Além disso, traz a ferramenta Code Analysis, voltada à detecção de vulnerabilidades de aplicativos, incluindo vazamento e violação de acesso de memória.

Conforme Don Kretsch, diretor sênior de Desenvolvimento de Software da Oracle, a versão 12.3 também traz capacidades de acesso remoto, que permitem criar aplicativos Oracle Solaris ou Linux do Oracle Solaris, Linux, Windows ou Mac OS desktops.

“A plataforma proporciona aos desenvolvedores o que há de mais moderno em otimizações de compilação, desempenho multi-segmentado e ferramentas de verificação de código”, afirma Kretsch.

O Oracle Solaris Studio 12.3 traz, ainda, capacidades como suíte de análise, que permite aos desenvolvedores observar suas interações de aplicativos com um sistema subjacente, recursos de desenvolvimento remoto e o Oracle Database, com navegação de base de dados e suporte Pro*C.

“A nova instalação e atualizações provisórias de repositórios desenvolvidas sobre o Oracle Solaris 11 Image Packaging System (IPS), simplifica a instalação e o gerenciamento do Oracle Solaris Studio”, acrescenta Kretsch.

O novo Solaris Studio 12.3 já está disponível para download gratuito pelo link relacionado abaixo.