A paulista Dedalus está implementando o Google Apps for Business na Spring Wireless.

Cerca de 600 funcionários da companhia brasileira  - espalhados pelos escritórios na América Latina, Europa, Àsia e América do Norte – usarão as aplicações do pacote em nuvem do Google.

Segundo o  Paulo Lima, gerente de infraestrutura interna da Spring Wireless, a solução deve desafogar o centro de operações, que contava com dois servidores sobrecarregados, um dedicado somente às aplicações de email e outro apenas para anti-spam.

“O hardware demandava altos custos, além de esforço administrativo de gerenciamento e manutenção”, explica Lima.

Além disso, completa, a infraestrutura não oferecia a disponibilidade e redundância necessárias para as operações da empresa, presente em 11 países, nos quais oferece soluções móveis a clientes corporativos.

“Depois de uma análise completa de nosso ambiente foi decidido que investir em soluções em nuvem era a melhor opção”, relata o gerente.

A solução em implementação pela Dedalus inclui os serviços Gmail, Google Talk, Google Calendar, Google Docs, Google Sites, Google Video, Google Groups e Google Message Security.

Todos os recursos ficam disponíveis na nuvem, e podem ser acessados em qualquer dispositivo.

Com a adoção, a expectativa da Spring é diminuir "drasticamente" os custos e a demanda por hardware e oferecer mais qualidade, segurança e alta disponibilidade.

Fundada em 2001, a empresa conta com 450 clientes, incluindo marcas como ABN-AMRO Bank, Cisco, Coca-Cola, Nivea, Motorola, Unilever, Santander, Exxon Mobile e Nestlé.

Em 2008, a empresa recebeu aporte de investimentos de US$ 63 milhões da Goldman Sachs, New Enterprise Associates e Ideiasnet, com os quais comprou a Okto, especializada em soluções para celular. À época, a previsão de receita da Spring era de US$ 100 milhões.

Já a Dedalus atua há mais de 20 anos no mercado de TI do Brasil, oferecendo soluções em cloud computing, consultoria, desenvolvimento, outsourcing e suporte, sendo parceira do Google para o fornecimento do Google Apps for Business.

A empresa também tem parceria com a RunMyProcess para oferecer workflow em nuvem.

Não foram revelados os valores da implementação.