Com previsão de investimentos de R$ 500 mil no primeiro ano, a Cimcorp acaba de abrir uma filial em Salvador.

Com a unidade, a meta é ampliar a participação de mercado em toda a região Nordeste, uma das mais promissoras para o setor de serviços de otimização de performance, contingência, alta disponibilidade e gestão de infraestrutura de TI, segundo dados da companhia.

A filial baiana, que será coordenada por Juçara Bittencourt, deverá responder por 50% do faturamento da Cimcorp no Nordeste até o fim deste ano, quando a empresa espera alcançar uma expansão geral de 25% no país.

Em 2009 a Cimcorp cresceu 31%, com vendas equivalentes a R$ 225 milhões e 60 novos clientes.

Com a unidade de Salvador, a ideia é levar ao mercado nordestino ofertas diversas de gestão de infra de TI, com foco na modalidade IaaS (Infrastructure as a Service), que reduz o investimento inicial do cliente e o transforma em pagamentos mensais como serviço.

Conforme pesquisa da Assespro, atualmente o segmento de TI do Nordeste apresenta crescimento de 20% ao ano, enquanto no Brasil a média é de 22%

"A Bahia, assim como os demais estados do Nordeste, tem um mercado em constante crescimento. As empresas estão sempre em busca de soluções que as apoiem neste crescimento e na redução de gastos”, comenta Mauro Molino, diretor da Cimcorp.

Atualmente, a companhia já mantém filiais em Porto Alegre, Florianópolis, Belo Horizonte, Vitória, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, além canais em toda a região norte e interior paulista.