Segundo a consultoria Avanade, 59% das empresas no Brasil já adotaram algum tipo de cloud computing.

A empresa, joint venture da Microsoft com a Accenture, mostra que a média brasileira de adoção está atualmente acima da média mundial de adesão à nuvem computacional, hoje em 43%.

De acordo com o site Info Exame, foram consultadas 573 empresas de 18 países das Américas, Europa e Ásia-Pacífico entre março e abril de 2011 – no Brasil foram 40 entrevistados.

Os serviços mais utilizados são aplicativos de e-mail (69%), programas de colaboração como (41%) e aplicações de escritório (50%).

Do total, 72% dos entrevistados disseram que as soluções em nuvem fazem parte das estratégias de TI, com foco em segurança (para 64% das empresas), redes (45%), software (55%), armazenamento (45%), data center (55%) e virtualização (9%), comenta a Info.

De acordo com a pesquisa, no Brasil 81% das empresas afirmaram que irão investir em serviços na nuvem, aumentando o orçamento do setor até 2012.

No restante do mundo essa porcentagem representa 55%.

O estudo contradiz números apresentados pelo Gartner na semana passada, durante sua conferência de outsourcing, indicando que, de 54 CIOs ouvidos no final de 2010 no Brasil , 80% disseram que não tinham planos de investir em cloud computing nos próximos três anos (leia mais na matéria “TI brasileira tem medo da nuvem?”, nas matérias relacionadas abaixo).