A Imagem, empresa de São José dos Campos especializada em Sistemas de Informações Geográficas (GIS), lança o StreetBase, base de mapas digitais com informações de rodovias, arruamento e dados de endereçamento de 5.565 municípios brasileiros.

A ferramenta, que segundo Marcos Covre, diretor da Imagem, oferece a maior cobertura do mercado nacional, é voltada a empresas de logística, GIS, geomarketing e pesquisas espaciais.

Para criar o StreetBase, a Imagem investiu mais de R$ 20 milhões ao longo de um trabalho que iniciou em 2001 e, só no último ano, incluiu mais de 20 mil quilômetros rodados em vias de todo o país para realização de levantamento de campo.

O sistema fornece informações geográficas que são atualizadas de três em três meses.

Com acesso via web, os mapas fornecem informações como mão de direção, sentido das vias, limites de velocidade e milhares de pontos de interesse, além de layers adicionais como aeroportos, pedágios, informações sobre bairros, parques e praças, hidrografia, ferrovias, entre outros.

O StreetBase já conta com usuários em segmentos como telecom, que usam a base de dados para definir pontos estratégicos de expansão da rede, e governos, que utilizam os mapas para acompanhar obras de infraestrutura, planejar expansão de municípios, entre outras aplicações.

“O último grande mapeamento do território brasileiro foi feito na década de 70 e desde então nunca houve atualização completa. A nova versão é a única que garante 100% de cobertura do território”, conta Covre.

De acordo com o diretor, a Imagem é líder do mercado de GIS no país, com 25% de market share e faturamento de R$ 74 milhões em 2010.

A empresa oferece soluções próprias, além de uma plataforma em parceria com a norte-americana Esri, que oferece conteúdo geográfico (imagens de satélite, mapas territoriais de múltiplas escalas e temas etc), além de atuar em consultoria e implantação de sistemas.

No Sul
Outra parceria da Esri no país é a Polar, consultoria ambiental de Porto Alegre que em outubro deste ano firmou aliança com a norte-americana.

Os gaúchos, que já usavam tecnologia da multinacional para elaborar projetos de viabilidade e impacto ambiental para clientes como Petrobras, Eletrobras e Odebrecht, expandiram a  oferta de soluções.

A ideia é desenvolver aplicativos de geomarketing, mapeamento de infraestruturas para empresas da área de utilities, entre outros, com meta de que a nova área de negócios represente cerca de 20% do faturamento em dois anos.

Níveis
As parcerias entre Imagem e Polar com a Esri, no entanto, são diferentes.

Enquanto a companhia de São José dos Campos é distribuidora exclusiva da norte-americana no país, a Polar atua como canal.