Os órgãos de saúde pública de Santa Cruz do Sul passaram este mês a serem geridos por um novo sistema, o SIS.SAP, da porto-alegrense JME Informática, que fez a migração para a nova solução utilizando GeneXus, da uruguaia Artech, em quatro meses.

Com a nova plataforma, a meta é agilizar o atendimento aos mais de 120 mil habitantes da cidade gaúcha.

Com o SIS.SAP, que permite automatizar todas as unidades ligadas ao setor de saúde pública, as informações de secretarias, postos, entre outros órgãos, são unificadas e disponibilizadas via web, o que aumenta o controle sobre exames, consultas, presença de médicos, estoque de materiais, entre outros itens.

“Ganhamos esta licitação graças à ajuda de GeneXus, com o qual escolhemos trabalhar por ser totalmente web. É fácil e rápido aprender a mexer com a solução, e com isso conseguimos aumentar significativamente a produtividade”, comemora o diretor executivo da JME, Jorge Antonio Branco.

Além da plataforma SIS.SAP, a JME possui ainda outra solução desenvolvida para a área de saúde, o SIS.HOS, sistema de gestão hospitalar que em breve será migrado para GeneXus.

“Com o software, não precisamos pensar em que tipo de plataforma o cliente quer, já que ele pode criar em várias”, destaca Branco. “Trata-se da primeira ferramenta inteligente para criar, desenvolver e manter de forma automática aplicações multiplataforma de missão crítica, que se adaptam às mudanças do negócio e a novas possibilidades de evolução tecnológica”, complementa.  

O GeneXus é uma solução que, segundo definição da fabricante Artech, “automatiza tudo aquilo que for automatizável”.

Baseado nos requerimentos dos usuários, a ferramenta permite realizar o projeto, gerar e manter automaticamente a base de dados e os programas da aplicação requisitada.