Paulo Ronchetti, sócio-diretor da ITS

O ITS Group acaba de conquistar o certificado SAP Partner Center of Expertise, concedida a somente outras duas companhias no país – FH Consulting e Pelissari.

A certificação atesta que o serviço e suporte oferecidos pelo parceiro a soluções de All-in-One e BusinessObjects seguem as métricas de qualidade e normas técnicas, diretrizes e padrões organizacionais da multi alemã, e é uma das apostas da ITS para crescer cerca de 30% em 2012.

“Este título faz parte de um novo plano de certificações da SAP, e tende a se tornar obrigatório para atuação em suporte a soluções da companhia”, destaca Paulo Ronchetti, sócio-diretor da ITS.

Para alcançar a certificação, a empresa gaúcha passou por uma auditoria de quatro meses, em que a SAP avaliou sua estrutura de atendimento, processos internos, certificações de profissionais, métricas específicas de áreas de negócio e número consultores.

Este último item, aliás, um diferencial a favor da ITS, segundo o diretor.

“Temos em torno de 160 consultores, mas é uma equipe que cresce com tanta constância que nem tenho como afirmar um número exato – pode ser que muito em breve já seja mais”, ressaltou o executivo durante o SAP Fórum na quarta, 14.

Ainda conforme Roncheti, a ITS é a única Gold Partner – nível mais elevado de aliança – da SAP no Sul do país.

E para seguir crescendo, a companhia porto-alegrense investe também em expansão, tanto física, quanto de oferta.

No primeiro caso, a ITS anuncia a ampliação de sua filial de Curitiba, que hoje tem dez colaboradores, mas irá triplicar a equipe até o fim deste ano.

“O Paraná é um grande mercado, e estamos em prospecção de novos projetos no estado, com foco em setores como indústria, bens de consumo e agronegócio”, explica Roncheti.

Soluções focadas em mobilidade também estão no foco, o que alinha a oferta da ITS à estratégia de crescimento anunciada pela própria SAP para 2012 – a multi também recheou seu fórum no Brasil, que encerra nesta quinta, 15, com anúncios de soluções para o agronegócio e dispositivos móveis.

Outra aposta da ITS Group para alavancar os negócios são as linhas de soluções analíticas e CRM – área para a qual chegou a lançar, no meio de 2011, uma empresa específica, a Mais CRM.

Mais CRM
O diretor da operação, Atílio Altavista, também esteve no SAP Fórum, e contou os planos da companhia.

“Atuei por dez anos na própria SAP, acompanhei toda a evolução do mercado de CRM no Brasil, e posso dizer que se encontra em um momento de alta maturidade, em franco crescimento”, ressaltou o executivo.

Com sede em São Paulo e filiais em Porto Alegre e Curitiba, a Mais CRM enxerga longe: a meta, segundo Ronchetti, é nada menos do que liderar o mercado de software para gestão do relacionamento com clientes no país.

A Mais CRM já tem cinco clientes, entre eles as catarinenses Nexxera e Durin – case que trouxe para o SAP Fórum.

A meta é buscar em torno de 25 contratos em 2012, e para isso a certificação, a exemplo da ITS, também está no foco.

Tanto que, há pouco, a Mais CRM tornou-se uma das únicas duas empresas do país a ter a certificação SAP RDS, da sigla em inglês para Rapid Deployment Solution. Outra empresa no Brasil com a mesma certificação é a Resource.

E de rapidez a companhia entende, resultado da integração ao ITS Group, que trabalha com templates voltados à aceleração de projetos SAP.

No exemplo já citado da Durin, por exemplo, a implantação ocorreu em seis meses, com CRM agregado em três.

Na Nexxera, o CRM foi implantado de junho a dezembro de 2011, com go live em janeiro passado.

“Atuamos neste projeto com aceleradores, template RDS, e customizações para o core business da companhia, tudo integrado ao ERP que a empresa já utilizava”, contou Ronchetti.

Hoje, a Nexxera usa o CRM nas áreas de suporte, atendimento e marketing, na sede catarinense, e no departamento de vendas, localizado em São Paulo.

Projetos que, segundo Altavista, mostram o potencial do mercado de CRM.

“Estamos falando de um segmento represado. As ferramentas de CRM estão muito mais amigáveis e as empresas já consolidaram, em grande parte dos casos, seus processos de sistemas de gestão e sua compreensão sobre a importância da gestão do relacionamento com o cliente”, ressalta Altavista. “É um mercado que só tem a crescer”, aposta.

Gláucia Civa cobre o SAP Fórum 2012, em São Paulo, a convite da SAP Brasil.