José Eugênio Braga, gerente geral e presidente da Embarcadero do Brasil

A californiana Embarcadero Technologies, especializada no fornecimento de ferramentas multiplataforma para bancos de dados e softwares de desenvolvimento, acaba de instalar a Embarcadero do Brasil.

A subsidiária, que é aposta da companhia em um mercado que acredita ter potencial de crescimento maior do que a média mundial para seus negócios, terá como gerente geral e presidente José Eugênio Braga.

O executivo atuou por 12 anos como diretor de Vendas e Marketing da Borland Latin America, que até agora atuava em acordo de distribuição com a Embarcadero, por meio da Borland/Microfocus.

“O acordo foi encerrado devido à decisão estratégica da empresa de divulgar e fortificar sua marca e presença no país”, afirma Wayne Williams, CEO da empresa californiana.

Segundo o executivo, a Embarcadero do Brasil irá operar como uma extensão da matriz, com vendas e suporte aos usuários das ferramentas de desenvolvimento da companhia, que hoje somam mais de 100 mil no país.

“Os clientes brasileiros também poderão contar com lançamentos de diversas versões dos produtos nos próximos meses, tanto na linha de ferramentas de desenvolvimento quanto em bancos de dados”, destaca Braga.

Além disso, conforme o presidente local, está sendo implantado o Programa Global de Certificação em Delphi.

O programa oferece duas modalidades: Delphi Certified Developer, exame que avalia os conhecimentos gerais dos desenvolvedores, e Delphi Certified Master Developer, para avaliação de conhecimentos avançados da programação.

Já David Intersimone, evangelista-chefe da Embarcadero, salienta que “impressionou a companhia a qualidade e a base de conhecimento da comunidade brasileira de desenvolvedores".

Com isso, a corporação de São Francisco aposta no Brasil com lançamentos também de novos conteúdos e sistemas em português.

“Nossas ferramentas são muito respeitadas em todo o Brasil. O interesse por estas soluções de desenvolvimento de aplicações e bancos de dados é tão grande que estamos até mudando nosso modelo de negócio e nosso nome para oferecermos um atendimento ainda melhor aos usuários”, finaliza Braga.

As soluções da Embarcadero Technologies permitem aos desenvolvedores de aplicações criarem sistemas independente da plataforma ou da linguagem de programação que utilizem.

Atualmente, mais de três milhões de desenvolvedores de cerca de 80 países usam as ferramentas da companhia. A carteira de usuários ativos conta com representantes de 90 empresas listadas na Fortune 100.

Além da sede em São Francisco, a Embarcadero mantém escritórios espalhados por todo o mundo, incluindo países como Canadá, França, Alemanha, Rússia, Inglaterra, Austrália, China, Índia, Japão e Singapura, além do Brasil, entre outros.