Tamanho da fonte: -A+A

A versão 11.10 do Ubuntu, batizada de Oneiric Ocelot, já tem todos os novos recursos definidos e está em fase de correção de bugs, devendo ser lançada oficialmente em outubro deste ano.

Conforme divulgado pela Cannonical, a nova edição deve contar com recursos como Kernel 3.0.0-7.9, baseado na versão 3.0 do Kernel oficial com patches específicos para o Ubuntu/ e drivers melhorados para chipsets de rede Wi-Fi.

Também se espera mudanças uma versão experimental do Compiz e da interface Unity, baseados no toolkit GTK3, com funcionalidades como alternador de tarefas acionado com Alt+Tab.

No novo Ubuntu, o Thunderbird deverá substituir o Evolution como cliente de e-mail padrão.

O software da Mozila já fazia parte da distribuição em teste, mas agora a Canonical oficializou a troca.

Além disso, haverá mudanças na Ubuntu Software Center, loja de aplicativos para o software livre.

A loja ganha um novo modelo de visualização, que lista em primeiro lugar os apps mais votados pelos usuários, além de contar com novas categorias e subcategorias, todas também equipadas com listas de votos.

Na nova edição, o Ubuntu também vai permitir que os usuários editem ou apaguem seus reviews de aplicativos, além de trazer nova interface do Gwibber, recurso para integração com redes sociais que agora está mais rápido.

A versão Alpha 3 do Ubuntu 11.10 já está disponível para download gratuito no ite oficial do projeto, embora ainda não esteja pronta “para o uso diário”, segundo a fabricante.

Quem estiver ansioso para testar a solução, entretanto, não terá de esperar muito: o lançamento da versão beta está previsto para o dia 1º de setembro.

Um segundo beta chegará ainda em setembro, por volta da terceira semana, e a solução final vem no dia 13 de outubro.