A cloud computing impactará a área de banco de dados mais do que qualquer outra tecnologia.

A conclusão é da pesquisa Database Trends, da Embarcadero, fornecedora de ferramentas de desenvolvimento de software.

Foram ouvidos cerca de 1,2 mil profissionais de banco de dados.

Mais de um terço dos entrevistados (34%) citou os bancos de dados nas nuvens como a tecnologia destinada a exercer o maior impacto no setor. A virtualização ficou em segundo lugar, com 27% dos votos, seguida pelos discos de estado sólido, com 15%.

Em quarto ficou ajuste visual de desempenho, com 12%, e tecnologias de colaboração com 8%, fechando a lista das cinco tecnologias mais votadas.

Desempenho de tirar o sono
A pesquisa também revela que tanto o desempenho como as emergências parecem impedir que os DBAs tenham uma noite tranquila de descanso.

Quando questionados em relação os problemas de banco de dados que tiravam o seu sono, o desempenho do banco de dados de produção foi citado por 43% dos entrevistados, ficando em primeiro na lista.

O tempo de inatividade do banco de dados foi o segundo maior motivo de insônia, com 38% dos votos, enquanto 31% mencionaram a redução do desempenho e 29% preocuparam-se com o desempenho do hardware do servidor de banco de dados.

Falta de tempo é o maior desafio
O estudo observa que mesmo os DBAs com a documentação mais completa e os planejamentos mais inteligentes devem ficar em alerta para lidar com situações de emergência.

De fato, 37% dos entrevistados informaram que tiveram de lidar com pelo menos cinco emergências relacionadas a bancos de dados no ano passado

Parece haver um consenso geral entre os entrevistados em relação aos maiores desafios que enfrentam em seus projetos: 43% reclamaram de não terem tempo suficiente para realizar suas tarefas, 40% disseram que um planejamento ruim é um desafio enorme, 33% citaram requisitos insuficientes ou inexistentes, 31% mencionaram o âmbito exagerado e 30% sentem-se prejudicados por ferramentas lentas ou ineficientes.

Mais da metade afirmou que suas empresas oferecem treinamento aos DBAs ou desenvolvedores e dois terços afirmaram que suas empresas investiram em novas ferramentas tecnológicas para eles nos últimos cinco anos.