Tamanho da fonte: -A+A

A Softplan/Poligraph desenvolveu uma solução para automatizar e integrar processos entre o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) e a Empresa de Correios e Telégrafos.

O projeto, em andamento desde março, tem como objetivo agilizar o trâmite de citações, intimações e notificações judiciais no estado.

A tecnologia, que vem sendo implementada gradativamente, vai integrar, por exemplo, os Sistemas de Automação da Justiça e do Correio. Com isso, o TJ-SC não precisará mais imprimir as correspondências para enviá-las aos cidadãos.

A informatização vai atingir todos os tipos de correspondências emitidas pelo TJ-SC durante os processos.

Na prática, a solução funciona assim: as correspondências são emitidas eletronicamente para os Correios, que fazem a impressão e procedem as entregas. Depois, o AR é digitalizado e encaminhado novamente, pelo meio eletrônico, ao Tribunal de Justiça.

Todo o processo é realizado com utilização de certificado digital.

A parceria não é novidade para a Softplan/Poligraph. A companhia, que trabalha com software para automação de diversos órgãos públicos, foi a responsável, inclusive, pelo Sistema de Automação de Justiça (SAJ), usado há 17 anos pelo judiciário brasileiro.