O Grupo Linx acaba de comprar a software house Formata Data Business, sediada em Belo Horizonte.

Especializada em soluções para varejo e atacado, a empresa mineira será transformada em uma nova filial da corporação e deverá representar, em 2010, 5% da receita da Linx Sistemas, que hoje representa 75% dos negócios do grupo.

Com a nova aquisição, fechada um ano e sete meses após a compra da Quadrant, que dobrou o faturamento do grupo no segmento de ERP, tornando-o a maior software house especializada em comércio varejista e atacadista da América Latina, a Linx ultrapassa a casa dos 600 colaboradores, além de somar 3,2 mil clientes.
   
“Juntas, Linx Sistemas e Formata Data Business passarão a ter como clientes 80% das lojas dos quatro principais shopping centers de Belo Horizonte”, explica Alberto Menache, diretor-presidente da corporação.

A nova filial será comandada pelos sócios da Formata, Alexandre Sales e Fádua Borges, sendo que o primeiro terá uma participação no Grupo Linx. Os dois executivos terão como missão nomear, no próximo ano, novos canais regionais de vendas.

Conforme Sales, a nova filial conta com cerca de 70 colaboradores. Especializada em software de gestão e automação comercial, voltados principalmente para redes e lojas de médio e pequeno portes dos segmentos de moda e vestuário, a Formata possui mais de 5 mil licenças já instaladas.

Inicialmente, a Linx Sistemas vai ofertar à base de clientes da Formata os produtos que completam a solução de gestão da empresa mineira com módulos de e-commerce, fiscal, contábil, BI e CRM.

“O segundo passo no mercado mineiro será a oferta de soluções de conectividade e telecomunicações da Linx Telecom, que dispõe de uma rede dedicada para interligar matriz e filiais dos clientes promovendo o tráfego de dados, TEF dedicado e VoIP, entre outros serviços”, explica Sales.

O Grupo Linx, cujo faturamento em 2009 vai atingir R$ 80 milhões, projeta obter R$ 130 milhões em 2010, somando a receita de suas divisões de TI, telecomunicações e logística, além das aquisições, que deverão ter sequência no próximo ano.

“Visaremos empresas regionais e/ou de soluções de TI complementares ao portifólio”, ressalta Menache.

Com sede em São Paulo, a Linx atende a clientes do Brasil, América Latina e Europa. A companhia conta com 23 unidades no país, Espanha, Portugal e Colômbia. Já a rede comercial soma 10 mil pontos de venda.