Tamanho da fonte: -A+A

Os resultados positivos apresentados pela IBM para o quarto trimestre de 2010 empolgaram os analistas de mercado.

Conforme avaliação de especialistas da RBC Capital Markets, as receitas apresentadas pela companhia, embora demonstre alguma queda,  superar as previsões do mercado e sugere uma reviravolta no setor de serviços de TI, com aumento no número de contratos em função do crescimento da confiança dos empresários na economia, o que aquecerá os investimentos na área.

A avaliação divulgada pela Thomson Reuters não é menos otimista: conforme a consultoria, a IBM deve registrar receita de US$ 28 bilhões no quarto trimestre, alta de 3,8% ano/ano, com ganho por ação de até US$4,08, enquanto a projeção inicial era de US$ 3,59.

Ainda conforme a análise da consultoria, os bons resultados da Big Blue se devem extamente à expansão dos contratos de serviços, que arrefeceram ao longo do ano passado, retomando a força nos meses finais e encaminhando-se para um 2011 aquecido a ponto de ampliar a confiança de Wall Street não só na companhia ou outras do setor, mas em todo o segmento de TI.

Para 2011, os analistas da RBC Capital Markets e da Thomson Reuters preveem aumento nas receitas da IBM, com vendas em torno de US$ 103 milhões, o que renderia um crescimento anual no mínimo em torno de 4%.