A empresa de segurança Symantec, fabricante do Norton Antivírus, anunciou nesta segunda-feira, 18, uma tecnologia de segurança que utiliza a reputação baseada em web para combater a evolução de malwares.

Chamada de Ubiquity, a ferramenta aproveita padrões de uso de software de mais de 100 milhões de computadores de clientes da empresa e oferece proteção contra ameaças mutantes e micro-distribuídas.

Na prática, Ubiquity classifica arquivos executáveis com base na informação sobre o contexto do arquivo a partir de informações de usuários.

Dados como origem, tempo de existência e padrões de adoção ajudam no ranking.

O resultado é que a ferramenta reduz o impacto da varredura antivírus, em até 90% segundo a empresa, analisando apenas arquivos identificados como em risco.

Além disso, o número de falsos positivos é reduzido.

O banco de dados de reputação da Ubiquity já contém classificação precisa sobre a segurança de mais de 1,5 bilhão de bons e maus arquivos executáveis e está somando a esse total uma faixa de 22 milhões de novos arquivos por semana.

Toda a informação é baseada em um software completamente automático e anônimo que capta o feedback de mais de 118 milhões de computadores dos clientes da Symantec participantes.

A ferramenta foi desenvolvida ao longo de quatro anos e já está implementada no Norton 2011 e no Symantec Hosted Endpoint Protection. A ferramenta chegará, no próximo ano, a outros produtos da Symantec, como o Web Gateway.