A Acate está procurando empresas interessadas em certificar seu processo de desenvolvimento de software dentro dos parâmetros do MPS.BR.

 
O grupo será formado por no mínimo cinco companhias, com subsídio de 40%. Os recursos são oriundos do Finep, mas a entidade catarinense não revelou o valor total da verba ou a dotação individual das empresas. 
 
As empresas podem enviar seus projetos até a segunda-feira, 30. Ainda não foi definido quem serão as consultorias que farão o treinamento e avaliação.
 
“Poderão participar do grupo empresas associadas a ACATE que desenvolvem software, de qualquer modalidade - embarcado, outsourcing, semi-customizado, de prateleira, etc”, destaca  a coordenadora do programa Softpolis/Softex, diretora executiva da ACATE, Jamile Sabatini Marques.
 
Interessados podem entrar em contato com a ACATE até a próxima sexta-feira, 20, pelo e-mail softpolis@acate.com.br ou pelos telefones (48) 2107,2750 ou (48) 2107.2726.