A NTConsult acaba de certificar-se CMMI nível 3, sendo a primeira empresa gaúcha a possuir o selo e uma das cerca de 30 existentes em todo país nesse grau.

Obtido com apoio da consultoria Herbert Consulting, o certificado exigiu 12 meses de preparação prévia envolvendo colaboradores de todas as áreas da companhia. O destaque foi para os 30 alocados no desenvolvimento, dos quais três estiveram dedicados em tempo integral.

Contrariando o procedimento mais comum, a NTConsult decidiu passar diretamente ao nível 3, devido a um trabalho prévio de adaptação interno para o ISO 9000.

“Já tínhamos uma cultura forte de processos, registros e rastreabilidade e vimos que podíamos ser mais rápidos”, comenta Claudio Comunelo, diretor da empresa.

Há seis anos no mercado e formada por profissionais com pelo menos 15 de experiência na área, a NTConsult é focada no setor público, com softwares destinados ao gerenciamento do ciclo de investimento em obras públicas.

“Nosso objetivo inicial é melhorar os processos internos, mas no longo prazo selos como o CMMI devem contar mais e mais em licitações”, indica Comunelo, ressaltando exemplos recentes da Procergs e Sepro.

CMMI 5 à vista
Depois de ser a primeira a ter o CMMI 3 no Rio Grande do Sul, a NTConsult pretende também ser a primeira a ter o nível 5, o que a colocaria em um grupo ainda mais seleto a nível nacional. “Esperamos ter tudo concluído para 2010”, adianta Comunelo.

Herbert Consulting
A Herbert Consulting foi fundada em outubro de 2007 pela especialista em qualidade de processos de software Juliana Herbert, conhecida no mercado gaúcho por ter presidido o ESICenter Brasil no período 2002-2007.

Desde então, a empresa vem ministrando diversos cursos e consultorias sobre o tema. Entre as empresas já certificadas por Juliana no Rio Grande do Sul estão a e-Core e a Ação Informática, sendo que esta última era à época a menor a ter um selo CMMI 2 no mundo, com uma equipe de 10 pessoas na área de desenvolvimento.