Tamanho da fonte: -A+A

A Acate vai certificar na quinta-feira, 27, 38 alunos que fizeram o curso de capacitação de programação Java de 160 horas.

 Dos participantes que concluíram o curso, 18 já foram selecionados, estão em processo de contratação e em breve poderão trabalhar nas nove empresas madrinhas do projeto. Os demais estão em processo de seleção.

Participam da iniciativa AGM Telecom, Dígitro Tecnologia, Instituto Stela, Pixeon, Segware, Softplan/Poligraph, Suntech, Todo! e VisãoGeo.

A formação foi bancada com recursos da Softex, do Ministério da Ciência e Tecnologia e das próprias madrinhas.

O treinamento, com duração de dois meses, foi oferecido a jovens entre 17 e 25 anos que estavam fora do mercado de trabalho. A metodologia mesclou aulas teóricas e práticas sobre Java básico, banco de dados, JDBC e J2EE.

Iniciaram a formação 42 estudantes, selecionados entre  126 jovens entre 17 e 25 anos.

As aulas foram ministradas por instrutores da empresa V.Office.

“Uma das áreas mais carentes é justamente a de nível técnico e programação, objetivo deste curso, que deve ter continuidade nos próximos meses”, destaca o presidente da Acate, Rui Luiz Gonçalves.