A VMware, especializada em infraestrutura de virtualização e cloud computing, fechou o segundo trimestre de 2011 com receita de US$ 921 milhões, aumento de 37% em relação ao mesmo período de 2010.

O lucro operacional GAAP do 2T11 foi de US$ 187 milhões, alta de 85% ano/ano, e o resultado líquido GAAP ficou em US$ 220 milhões, ou US$ 0,51 por ação diluída, em comparação com US$ 75 milhões, ou US$ 0,18 por papel, do 2T10.

No trimestre, a receita da companhia nos EUA cresceu 35% no segundo trimestre deste ano, chegando a US$ 450 milhões.

Só na área de licenciamentos, a receita foi de US$ 465 milhões, aumento anual de 44%, enquanto os ganhos com serviços, incluindo a manutenção de software e serviços profissionais, ficaram em US$ 456 milhões, alta de 30% em relação ao segundo trimestre de 2010.

A VMware oferece soluções de virtualização e infraestrutura de nuvem para empresas de todos os portes.

A carteira de clientes da empresa conta com mais de 250 mil nomes, enquanto a lista de parceiros passa dos 25 mil.

Sediada no Vale do Silício, a companhia mantém escritórios espalhados pelo mundo todo.