Hospital Universitário Professor Alberto Antunes

Agilizar o processo de faturamento e melhorar o controle de estoque.

Estes foram os objetivos do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, da Universidade Federal de Alagoas, ao contratar a solução de gestão de saúde da MV.

E foram atingidos: implantado em 100 estações de trabalho em uma primeira fase, o software encerrou a operação manual dos processos, além de integrá-los, segundo conta o gerente de Contas da MV, Emídio Martins.

“Principalmente nas áreas de atendimento ao paciente, controle de estoque e faturamento, o Soul MV automatizou e agilizou a gestão”, destaca o executivo.

Em breve, o uso da solução será expandido para 180 máquinas do hospital, atendendo a cerca de 1,2 mil usuários.

O Hospital Universitário Professor Alberto Antunes conta com 200 leitos e atende a mais de sete mil consultas por mês, realizando aproximadamente 450 cirurgias e cerca de 27 mil exames laboratoriais.

Já a MV é, segundo dados próprios, a sexta maior empresa de software do país.

Com sede em Porto Alegre, a companhia especializada em sistemas de gestão de saúde também mantém fábricas de software em Passo Fundo e Recife, além de unidades em Belo Horizonte, Fortaleza, Vitória, Rio de Janeiro e São Paulo.

No ano passado, a empresa expandiu sua carteira de clientes em 60 novos contratos, passando a uma base de 500 ativos que, traduzida em usuários, passa dos 200 mil profissionais.

Ao todo, o grupo passa dos R$ 10 bilhões em faturamento/ano.

Também em 2010, a MV ampliou o faturamento em 20% sobre os cerca de R$ 70 milhões obtidos em 2009, e um dos carros-chefes desta expansão foi o lançamento do Soul MV.

A ferramenta para a área médica 100% web resultou de R$ 20 milhões em investimento e dois anos de desenvolvimento, envolvendo trabalho de 200 pessoas, entre elas especialistas de Portugal e Inglaterra.

Em 2011, quando pretende crescer 50%, a MV segue apostando em lançamentos para crescer.

Um dos mais recentes resulta de uma parceria com a Honeywell: a MV homologou um dos PDAs da divisão Honeywell Scanning & Mobility, o Dolphin 9700hc, que é projetado especificamente para a área de saúde.

Hoje, o PDA é componente de uma solução da MV destinada à administração de medicamentos em clínicas e hospitais e automatiza a administração e prescrição de remédios, eliminando margens de erro.

O portfólio da companhia porto-alegrense conta, ainda, com soluções como o Sistema de Orçamento, Prontuário Eletrônico do Paciente, MV2000i, MV Portal e MV Custos.

Outra oferta é o Sistema de Classificação de Risco, certificado para o uso do Protocolo de Manchester, que ordena o atendimento dos pacientes nos prontos-socorros de acordo com o quadro de saúde de cada um e o Sistema de Gestão de Fluxo, para gestão do atendimento de pacientes.