Foto: bancovw.com.br

O Banco Volkswagen, pertencente à montadora de carros alemã, acaba de adotar um appliance da IBM para ampliar a segurança de suas informações.

 

 
O conjunto roda o InfoSphere Guardium, software que garante independência e proteção nas coletas e ações do processo de segurança e auditoria do banco. 
 
“Tudo sem impactos relevantes aos sistemas transacionais”, afirma Gustavo Santos, responsável pela área de Infraestrutura e Operações do Banco Volkswagen.
 
Segundo o executivo, o sistema IBM também possibilita o controle centralizado e o monitoramento de acesso aos bancos de dados da instituição, ampliando a segurança sobre informações de clientes, funcionários e colaboradores. 
 
Além disso, o sistema segue padrões que atendem a todas as normas e políticas internas do banco, segundo o gerente de Tecnologia da instituição, Rafael Rolla. 
 
Ainda conforme Rolla, a solução permite a incorporação dos controles de segurança de sistemas já utilizados pelo banco.
 
“A plataforma é perfeita para projetos com grande quantidade de informações. Além do alto desempenho, seus mecanismos simplificam o controle e o monitoramento de acessos”, finaliza Santos.
 
O banco faz parte da divisão Volkswagen Serviços Financeiros, que também inclui o Consórcio Nacional Volkswagen e a Volkswagen Corretora de Seguros.
 
Tudo pertencente à montadora alemã, fundada em 1956 e que atua nos segmentos de veículos comerciais e automóveis de passeio, sob as marcas Volkswagen e Audi, além de caminhões e ônibus da marca MAN. 
 
No Brasil, a corporação conta com sete filiais e postos de atendimento, atendendo a aproximadamente 700 concessionárias.
 
Só o banco atua há 55 anos no país, com uma carteira de R$ 20,8 bilhões e base de mais de 550 mil clientes.