A Adobe Systems fechou o segundo trimestre do ano fiscal com lucro líquido de US$ 229,44 milhões, uma alta de 54% frente ao mesmo período do ano passado.

A receita da companhia surpreendeu os analistas ao crescer 9%, na mesma base de comparação, para US$ 1,02 bilhão.

A Adobe havia anunciado em março que o terremoto japonês prejudicaria as vendas do segundo trimestre em US$ 50 milhões.

O Japão é o segundo maior mercado da empresa, fabricante dos softwares Flash, Photoshop e Acrobat.

A Adobe estima para o terceiro trimestre receita entre US$ 1 bilhão e US$ 1,05 bilhão. Para todo o ano fiscal de 2011, a empresa reafirmou uma expectativa de alta de 10% na receita.