Tamanho da fonte: -A+A

Após anunciar São Paulo como sede de seu novo escritório, a desenvolvedora francesa de games Ubisoft foi surpreendida por uma avalanche de currículos. "Depois que saiu uma nota na internet, esperávamos receber entre 200 e 300 currículos. Chegaram 2,5 mil", afirma Bertrand Chaverot em entrevista ao Valor Econômico.

O executivo é o responsável pelas contratações e pretende iniciar o estúdio com 20 profissionais. Em um ano, a expectativa é chegar a 50 e, em três anos, a 200 pessoas.

Chaverot informa ainda que pelo menos 30% das contratações iniciais serão mulheres. O objetivo é transformar o escritório paulista em referência para a linha de jogos voltada ao sexo feminino.

As contratadas não virão necessariamente da área de software. A companhia vai procurar profissionais em áreas como psicologia, arquitetura e filosofia.

O estúdio deverá abrir as portas em agosto.


A chegada da Ubisoft ao Brasil foi matéria do Baguete em junho. O texto pode ser lido na íntegra no link relacionado abaixo.