Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft anunciou o volume total de 240 milhões de licenças vendidas do Windows 7 após um ano do seu lançamento.

Segundo a empresa, o volume faz da versão o sistema operacional de vendagem mais rápida da história.

De acordo com o site Conceivably Tech, o Windows Vista, versão anterior do sistema, vendeu 100 milhões de cópias no varejo durante o primeiro ano.

Além da entrada entre os usuários domésticos - 100% dos parceiros da Microsoft vendem o Windows 7 - a MS também aposta no mercado corporativo para manter as vendas em alta.

A vice-presidente financeira da empresa, Tami Reller, diz que cerca de 89% das empresas planeja migrar para a última versão do SO.

A Microsoft divulgou vendas de US$ 62,5 bilhões no ano fiscal passado, com alta de 7% ante o ano anterior, em larga medida devido ao Windows. A divisão Windows continua a ser a base das operações da Microsoft, respondendo por mais de um quarto das vendas gerais e por pouco mais de metade dos lucros.

Apesar das vendas em alta, o Windows 7 ainda perde em fatia de mercado para o Windows XP.

Segundo a NetApplications, o XP roda em mais de 60% das máquinas do mundo, enquanto o Windows 7 está abaixo dos 20%.