CA no Índice de Sustentabilidade Dow Jones

23/09/2011 09:04

A CA Technologies acaba de ser nomeada como membro dos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI – Dow Jones Sustainability Indexes).
A empresa integra os Índices Global e Norte-Americano da instituição financeira.

O DJSI reúne 10% das empresas listadas entre as 2,5 mil maiores pelo índice Dow Jones global, da totalidade das companhias no mercado de ações; enquanto o índice norte-americano geral DJSI traz 20% das que figuram na lista das 600 maiores corporações dos EUA.

Tamanho da fonte: -A+A

A CA Technologies acaba de ser nomeada como membro dos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI – Dow Jones Sustainability Indexes).
A empresa integra os Índices Global e Norte-Americano da instituição financeira.

O DJSI reúne 10% das empresas listadas entre as 2,5 mil maiores pelo índice Dow Jones global, da totalidade das companhias no mercado de ações; enquanto o índice norte-americano geral DJSI traz 20% das que figuram na lista das 600 maiores corporações dos EUA.

A CA é uma das 41 empresas que foram adicionadas este ano ao Índice Global Dow Jones de Sustentabilidade, enquanto 23 outras foram removidas.

No total, 342 empresas compõem atualmente o índice global.

A companhia também é uma das 20 que passaram a fazer parte do Índice Norte-Americano Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI North America), enquanto 12 outras perderam essa condição.

Hoje, este índice conta com 143 empresas.

“Os Índices de Sustentabilidade Dow Jones rastreiam o desempenho financeiro de empresas de todos os setores, que se destacam no mercado de acordo com diversas métricas”, explica Cynthia Curtis, VP e Chief Sustainability Officer da CA.

Já o presidente do Dow Jones Indexes, Michael A. Petronella, afirma que os índices DJSI se transformaram no principal padrão do mundo para o reconhecimento das empresas líderes em sustentabilidade corporativa.

Conforme Cynthia, a CA utiliza sua própria solução CA ecoSoftware para rastreamento, gerenciamento e coleta de informações sobre seu programa de sustentabilidade.

Veja também

Sustentabilidade valoriza empresas em até 4%

Projetos voltados para a sustentabilidade aumentam em até 4% o valor de mercado das empresas.

A conclusão é de estudo feito pela consultoria espanhola Management & Excellence.

Segundo a agência Reuters, a empresa cruzou os resultados de capitalização de mercado das empresas listadas em dois índices: o Dow Jones Sustainability Index World (DJSI), que seleciona empresas de acordo com o desempenho em sustentabilidade, e no MSCI, que não leva o assunto em consideração.

Índice Dow Jones: TCS sustentável
A Tata Consultancy Services (TCS) passa a figurar no Índice Dow Jones de Sustentabilidade, junto com outra empresa do Grupo, a siderúrgica Tata Steel. O Grupo Tata é o único conglomerado indiano a fazer parte da pesquisa, que acompanha as iniciativas das empresas voltadas para a prática de ações ambientalmente responsáveis.
IBM: empresas falham em sustentabilidade
A segunda pesquisa anual da IBM realizada com executivos sobre Responsabilidade Social Corporativa (RSC) demonstrou que 87% dos entrevistados concentram suas atividades desta área na melhora da eficiência em suas companhias, enquanto 69% usam a RSC para ajudar a criar novas oportunidades de lucro.
TIM no Índice de Sustentabilidade Empresarial
A partir de 1º de dezembro, a TIM passa a integrar o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) 2008 / 2009. A nova lista de integrantes do índice foi divulgada na quarta-feira, 26, pela BM&F/Bovespa.

O indicador, conforme definição da bolsa, é composto “de ações emitidas por empresas que apresentam um elevado comprometimento com a sustentabilidade e a responsabilidade social”.
Intel no Índice de Sustentabilidade Dow Jones

Pelo nono ano consecutivo, a Intel Corporation foi incluída no Índice de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI), que analisa e destaca o desempenho econômico, ambiental e social das empresas relacionadas. Para fazer parte da lista, as companhias têm analisados seus processos de gerenciamento corporativo e de riscos, força da marca, cadeia de fornecimento e políticas trabalhistas.