Tamanho da fonte: -A+A

A Faculdade IMED, de Passo Fundo, acaba de informatizar a abertura de protocolos diversos nos setores de graduação e pós-graduação.

O novo sistema elimina o uso de papel na abertura de protocolos para cancelamento de matrícula, certificados de atividades complementares, disciplinas por acompanhamento, mudanças de curso e turno, revisão de provas, entre outros.

Para cada tipo de protocolo, o aluno tem acesso à descrição completa dos documentos e informações necessárias, bem como um link para as resoluções que ditam as regras do protocolo em questão.

E o projeto deve ser expandido nos próximos meses, com a informatização de todos os processos referentes a protocolos – da abertura à gestão e conclusão, até o retorno ao aluno.

Por hora, a abertura de protocolos online pode ser feita pelo Portal Educacional da Imed.

A faculdade, que tem matriz em Passo Fundo e unidade em Porto Alegre, investe pesado na TI: este ano, anunciou a implantação do ERP RM Totvs.

O sistema ampliou o controle da instituição sobre áreas antes carentes de tecnologia para isso, o que culmina, por exemplo, na redução da inadimplência de 15% para, em alguns meses, até 8,5%; e na queda de 20 para três minutos no tempo de reabertura de matrículas.

O lançamento de notas pelos professores no portal da instituição também ganhou agilidade e hoje é feito 40% mais rapidamente.

Segundo o coordenador de TI da faculdade, Cláudio Franz, a instituição investe, anualmente, cerca de 0,5% do orçamento geral em tecnologia, o que no último ano ficou em torno de R$ 533 mil, incluindo novos trabalhos e melhorias no ERP.

Para o ano que vem, a meta é investir em uma ferramenta voltada à gestão de indicadores, além do início do uso do CRM, hoje um módulo do ERP usado somente no atendimento a chamados internos, para o público externo.

O plano é embasar na TI o crescimento da faculdade, que ainda em 2011 incorporou a marca Cetra, com a qual mantém parceria para cursos intensivos e de MBA na capital gaúcha, e até 2014 projeta a expansão da estrutura para 15 unidades espalhadas por todo o estado.