A espanhola Indra acaba de abrir um novo escritório no Brasil. Localizada no Rio de Janeiro, a unidade se soma às outras cinco que a multi já mantém no país, em São Paulo (sede central), Barueri, Campinas (fábrica de software), Belo Horizonte e Brasília.

Com o novo escritório, a meta é reforçar a atuação junto a universidades e centros de pesquisa, “com a finalidade de criar uma base de desenvolvimento de habilidades tecnológicas e programas para atrair jovens profissionais”, segundo comunicado da empresa.

No Brasil, a Indra está presente desde 1996, empregando mais de 1 mil profissionais e atuando em projetos para os setores de transporte e tráfego, governo, Telecom, indústria, consumo e utilities/energia.

Só nesta última área, a companhia atende a mais de 40 clientes.

Outro destaque da multi no mercado brasileiro é a oferta de projetos SAP.

Alguns dos mais recentes projetos entregues pela companhia no país foram para a AES Eletropaulo, para a qual desenvolveu um sistema integrado de mapeamento de perdas de energia; e para as Forças Armadas, em um contrato de implantação de sistema de comunicação via satélite para a capitania do porta-aviões de São Paulo.

O Sul também se destaca entre as regiões de destaque para os negócios da empresa no país.

Por aqui, a Indra, em colaboração com a empresa Esteio, foi contratada para a implantação de sistemas de pedágios em três trechos de autopista no Sul, além da instalação de soluções de gestão de tráfego inteligente em um deles.

A corporação espanhola e a Esteio também desenharam e implantaram um sistema de gestão de tráfego metropolitano em Curitiba.

Com sede na Espanha, a Indra é a segunda companhia europeia de seu setor por investimentos em P&D, com cerca de € 500 milhões aportados nos últimos três anos, segundo dados próprios.

No ano passado, as vendas da corporação atingiram € 2.557 milhões, sendo que a atividade internacional correspondeu a 40% do total.

Somando toda a estrutura global, a Indra emprega mais de 31 mil profissionais, atendendo a clientes de mais de 110 países.