A Netwall quer fechar 2015 atendendo a 1 mil clientes no Brasil.

A meta significa multiplicar por mais de 10 a carteira atual de clientes, que encerrou 2010 com 80 nomes.

Para atingir o objetivo, a companhia gaúcha especializada em soluções de monitoramento de TI terá de manter o ritmo atual de crescimento – a carteira duplicou no ano passado –, mas também promover alterações no seu portfólio.

“Vamos começar a oferecer como produtos soluções que hoje são módulos do Monitora IT”, revela  o diretor Comercial da Netwall, Alexandre Samberg Filho.

Entre os lançamentos estarão softwares para análise de tráfego de rede e inventário de TI, entre outros.

A Netwall lançou o Monitora IT em 2005, ainda como uma empresa incubada na Raiar na PUC-RS.

Hoje, a companhia segue instalada no Tecnopuc e atende a clientes como Vonpar, AutoExpresso e Tribunal de Justiça do RS, sendo esta última a maior instalação da solução.

“Oferecemos uma ferramenta muito mais fácil de instalar por um custo mais competitivo que a concorrência”, resume Samberg, destacando que o produto é aderente às regras do ITIL.

O produto – que concorre com ofertas de multinacionais como CA e BMC – deve ser traduzido para espanhol e inglês até o final do ano, o que abrirá novas portas para a companhia gaúcha.