A porto alegrense Advanced IT concluiu, no final do mês de novembro, a implantação da solução Oracle RAC (Real Application Cluster) 10g R2 no Instituto de Cardiologia da capital.

O projeto teve duração de 10 meses, entre planejamento, execução, testes e pós-produção, garantindo a continuidade de processamento para aplicações de missões críticas, ao permitir que o banco de dados permaneça disponível caso haja alguma falha em um dos servidores que compõem o cluster.

Segundo informa Rose Lopes, gerente de TI do Instituto, assim há um suporte maior para o plano de continuidade dos negócios e o risco operacional é reduzido, além de facilitar o gerenciamento das bases de dados e permitir que aplicativos rodem em vários servidores interconectados.

Após o projeto, a Advanced  também foi responsável por realizar análises de tuning nas aplicações da Instituição e proporcionar ganhos de performance.

Hoje, a Advanced IT é responsável pela gestão de 35Tb de dados em mais de 200 bancos de dados Oracle, SQL Server e Sybase em seus clientes. Além disso, a empresa faturou R$ 11 milhões em 2010, aumento de 20% sobre 2009.