A FortiGuard Labs, divisão de pesquisa da Fortinet,  apresentou as projeções de segurança para o ano de 2012.

De acordo com a companhia, oito tendências podem aparecer no próximo ano.

Entre elas, a evolução do ransomware no PC, de malwares móveis que utilizam exploits e também o crescimento de worms.

Os malwares baseados em Android também estão na lista, já que ficaram mais complexos e diversificados. No último ano, o malware utilizou criptografia, inseriu exploits, detectou emulador e implementou botnets. Entretanto, a previsão é de polimorfismo ou mutação automática, dificultando a identificação do malware.

Outras tendências da lista da FortiGuard Labs são repressão à rede de lavagem de dinheiro, Relações Públicas e Privadas em segurança, migração para serviços SCADA, ataques patrocinados e o crescimento dos grupos hacktivistas.

Em 2011, a Fortinet, provedora de soluções de segurança de rede, fechou o terceiro trimestre do ano com receita total de US$ 116,4 milhões, aumento de 37% ano/ano. Já os serviços responderam por US$ 57,8 milhões, ou 30% a mais do que o valor registrado um ano atrás.