A Focco prevê, para este ano, um crescimento médio de 25%. Com isso, segundo o diretor Administrativo e Financeiro, Joel Caetano Polesello, as perspectivas são de aumentar a receita em 47%, dado a “análises do mercado e possibilidades que já estão em negociação”.

O ano de 2009, conforme Polesello, não atrapalhou os negócios da companhia caxiense, apesar da crise financeira global.

“O momento foi propício para vermos nosso market share alavancar, pois foi uma fase em que as empresas reavaliaram seus processos e se reorganizaram”, avalia ele. “A busca por um sistema de gestão aderente foi o caminho para muitos, o que nos proporcionou um crescimento acima do mercado: 41%”, explica.

No ano passado, a companhia gaúcha lançou o FoccoLojas, software de gestão para lojas de móveis planejados. Evolução do FoccoERP, a solução também acarretou a ampliação da estrutura e equipe de profissionais da empresa.

Além disso, em 2009 a Focco também incorporou a área de implementação de sistemas da parceira Otimiza Consultoria, também de Caxias, conforme explica o diretor de Serviços, Diego Boufleur.
 
“A vinda de Silvana Bettiol, da Otimiza, como diretora de Produto e Tecnologia dá novas forças para a empresa, que já vislumbra os resultados para daqui cinco anos: estaremos com unidades nos principais estados do Brasil”, finaliza o diretor Comercial da Focco, Evandro Ballico.

Atualmente, a Focco tem atuação em 11 estados, contando com escritórios em Jundiaí e São José. Ainda este semestre, outras duas unidades locais, em Porto Alegre e Londrina, deverão ser estabelecidas.