Depois de quatro meses de aperfeiçoamento no Vale do Silício, acaba de ser lançado para o mercado nacional de micro e pequenas empresas o software ContaAzul, da joinvilense Informant.

O software de gestão online nasceu na área de Novos Negócios da Informant, voltado à administração da própria empresa, que levou a solução aos EUA por meio de eventos como o Brazil Innovators e duas Startups Weekends.

“A participação nos eventos gerou resultados: o ContaAzul foi uma das duas startups brasileiras selecionadas pelo programa de aceleração americano 500Startups, que disponibiliza investimento e orientação necessária para uma startup ter sucesso”, conta João Augusto, um dos idealizadores do software.

No programa, os fundadores da Informant, Vinicius Roveda Gonçalves e José Carlos Sardagna, além de João Augusto, passaram quatro meses recebendo consultoria de mais de 160 especialistas do polo tecnológico do Vale do Silício.

Para os executivos, chamou a atenção o apoio a empresas e soluções iniciantes no mercado.

“Um bom exemplo é ver que nos EUA grandes corporações estão frequentemente à procura de novos diferenciais e tornam-se early adopters de startups, coisas que veremos no Brasil daqui a cinco anos", afirma Augusto.

Segundo ele, o ContaAzul otimiza processos de emissão de NF-e, controle de fluxo de caixa e cobranças.

A ferramenta, que é voltada ao mercado de micro e pequenas e empresas, e já começou a conquistar clientes, como a Apex Executive, é vendida em formato SaaS e compatível com todos os dispositivos – computador, celular, iPad, com suporte online 24x7.

Especializada na prestação de serviços terceirizados em P&D, a Informant é focada em SaaS e, segundo seu CEO, Diego Contezini, especialista em auxílio na criação de empresas (startups) e produtos personalizados para novos mercados.

“Hoje, somos considerados um atelier de softwares, e fomos a primeira empresa a atuar no Brasil com este foco, apresentando como diferencial softwares customizados de acordo com o mercado de cada cliente, com metodologia própria para a criação”, afirma o CEO.

Além de desenvolvimento, a companhia também oferece consultoria de mercado e validação tecnológica.

Conforme Contezini, a companhia tem mantido média de crescimento de 100% ao ano desde a sua fundação, em 2007.