Sonda IT fatura US$ 265 mi e Brasil lidera

27/06/2011 14:43

A Sonda IT fechou o primeiro trimestre de 2011 com crescimento de 43,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando receita de US$ 265 milhões.

O lucro líquido da corporação ficou em US$ 25 milhões no período, 24,4% a mais do que nos três primeiros meses de 2010, enquanto o lucro operacional se elevou 52% ano/ano.

Carlos Henrique Testolini, presidente da Sonda IT no Brasil

Tamanho da fonte: -A+A

A Sonda IT fechou o primeiro trimestre de 2011 com crescimento de 43,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando receita de US$ 265 milhões.

O lucro líquido da corporação ficou em US$ 25 milhões no período, 24,4% a mais do que nos três primeiros meses de 2010, enquanto o lucro operacional se elevou 52% ano/ano.

No trimestre, os rendimentos produzidos fora do Chile – sede da empresa - representaram 60% da receita consolidada na América Latina, ou seja, US$ 158,5 milhões, alta anual de 72,9%.

Dos nove países onde a Sonda IT está presente, o Brasil seguiu liderando, com faturamento de US$ 98,2 milhões.

“Isso é 37% do resultado global e 62% do montante das operações latino-americanas”, ressalta Carlos Henrique Testolini, presidente da Sonda IT no Brasil.

Já Raul Véjar, gerente geral da Sonda América Latina, destaca que uma das principais características do 1T11 foi o crescimento no volume de novos negócios fechados.

“Isso representou um resultado 20,4% superior aos fechamentos ocorridos nos três primeiros meses dos outros anos, resultado considerado histórico”, afirma Véjar.

Os novos negócios incluem grandes contratos na área de outsourcing de TI, o que, segundo o executivo, será somado ao plano de investimentos de US$ 500 milhões da companhia para o triênio de 2010 a 2012.

Fundada no Chile, a Sonda está presente em nove países, com 62 escritórios na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Peru e Uruguai.

A empresa é considerada a quarta maior corporação de TI presente na América Latina, concorrendo apenas com empresas globais, segundo o IDC.

Ao todo, são mais de 12 mil colaboradores, que atendem a 2,4 mil clientes, sendo metade deles no Brasil.
 

Veja também

Sonda: médias e SAP para crescer no PR e SC

A Sonda projeta crescimento de 40% em 2011 para sua regional Santa Catarina/Paraná, com foco na divisão Sonda Procwork, baseada em SAP.

Para isso, a estratégia começa por mudanças na regional: a gerência de Vendas SAP, por exemplo, acaba de ser assumida por Cleomara Karvat, profissional com mais de 20 anos de experiência em TI, somando passagens por Xerox do Brasil, Datasul e GCI.

Sonda IT: US$ 952 mi na AL, 37% do Brasil

A Sonda IT encerrou 2010 com crescimento recorde de 19,1% no faturamento na América Latina, em relação ao ano anterior, obtendo receita total de US$ 952 milhões.

Presente em nove países, a organização elevou seu lucro líquido em 21,3%, alcançando a cifra de US$ 124 milhões.

Testolini assume presidência da Sonda IT

A Sonda IT anuncia Carlos Henrique Testolini como seu novo presidente.

O executivo assume as operações das unidades de negócio compostas pela Sonda Procwork, Sonda Telsinc e Sonda Software, responsáveis pelos portfólios de IT Services, aplicações fiscais e plataformas, respectivamente.

Testolini está na companhia há 14 anos, foi responsável pela implementação das práticas SAP e liderou diversas frentes na organização.

GSI: Sonda e SAP do RS para o mundo

A GSI, fabricante norte-americana de equipamentos para automatização agropecuária com sede brasileira em Marau-RS, adotou o software pw.SATI, da Sonda Procwork, para atender suas obrigatoriedades com o fisco.

Sonda: PIS/Cofins para fábrica da Goodyear

A Veyance Technologies do Brasil, fabricante exclusiva de produtos de engenharia em borracha da marca Goodyear, adotou soluções da

Sonda Software para atender às obrigatoriedades fiscais no país.

O escopo do projeto envolveu a adoção dos softwares pw.SATI, pw.SPED Fiscal e Contábil e o novo pw.SPED PIS/Cofins, além do validador de arquivos pw.SVA.

O projeto SPED PIS/Cofins teve go live em abril deste ano.

Barone sucede Testolini na Sonda Procwork

A Sonda IT nomeou Ricardo Barone para o cargo de vice-presidente executivo de sua unidade de serviços de TI, a Sonda Procwork.

Barone, que está na empresa desde 2008 e atuou durante esses 2,5 anos na condução da consolidação da cultura de outsourcing da companhia no Brasil, assume a posição que era de Carlos Henrique Testolini, agora novo presidente da Sonda IT.

Sonda vai comprar concorrentes

Sonda vai mudar sua política de aquisições no Brasil em 2011.

Depois de comprar provedores de soluções complementares às sua própria oferta no ano passado, a empresa vai passar a adquirir concorrentes buscando fomentar crescimento inorgânico no país.

Sonda quer se reposicionar

A Sonda IT fechou nesta semana um acordo com VCE para ser o primeiro representante do pacote integrado VBlock, que une tecnologias das gigantes VMware, Cisco e EMC.

O anúncio parece ser o elemento que faltava para a companhia fazer decolar sua estratégia de oferecer o ERP da SAP hosteado.

“O VBlock oferece para o cliente a economia, a segurança e garantia de continuidade que vão ser o catalizador para as vendas de ERP nesse novo modelo”, avalia Carlos Henrique Testolini, presidente da Sonda IT.

Sonda Procwork: nova direção de vendas SAP

Fábio Mello, que acaba de completar um ano de casa na Sonda Procwork, atuando como gerente Comercial de vendas SAP, acaba de assumir a direção da área.

Ele substitui Marcelo Boriero, que foi para a Microsoft.

O novo diretor de Vendas da unidade SAP trabalhou nove de seus 12 anos de mercado de TI na própria fabricante de software alemã. Destes, quatro anos foram dedicados ao nicho SME (Small and Medium Enterprise).

Damovo Brasil é a 1a no mundo

A Damovo do Brasil é hoje a primeira entre as 10 subsidiárias da multinacional inglesa de soluções de telecomunicações.

A operação brasileira está ranqueada como líder tanto pelo faturamento bruto (29% do total mundial em 2010) como na análise combinada de vendas, lucro, caixa, performance e avaliação dos cerca de 2 mil clientes.

Gartner: Brasil e SAP lideram BI mundial

O Brasil foi o país de maior crescimento do mercado de BI em todo o mundo no último ano, com expansão na casa dos três dígitos, informa o relatório “Market Share Analysis: BI, Analytics and Performance Management, 2010, Worldwide”, do Gartner.

Em 2010, as receitas globais da área de BI somaram US$ 10,5 bilhões, com este tipo de plataforma abarcando 63,7% do mercado de TI mundial.

Brasil é o 6º maior mercado de TI, diz IDC

Com um mercado interno que movimentou US$ 81 bilhões no ano passado, a TI brasileira é a sexta maior do mundo, segundo dados da consultoria IDC.

O resultado equivale a cerca de 4% do PIB, soma de tudo o que é produzido no país.

As exportações do setor somaram no mesmo período US$ 2,5 bilhões.

D-Link quer 20% a mais no Brasil em 2011

A D-Link anunciou crescimento global de 7% no primeiro trimestre de 2011 na comparação com o mesmo período do ano passado.

Só no Brasil, a expansão foi de 16,7% e, agora, a expectativa da companhia é fechar o ano com 20% de aumento no país.

Brasil é aposta da América Móvil para crescer

A mexicana América Móvil, grupo do setor de Telecom que tem Carlos Slim como maior acionista, pretende ampliar sua participação no mercado brasileiro como estratégia para ampliar suas receitas na América Latina.

No Brasil, a aposta da companhia está em serviços de telefonia móvel pós-paga, por meio da Claro, e TV via satélite.

PwC: Brasil no topo das chances do pós-crise

O Brasil desponta como liderança global no cenário pós-crise econômica, segundo um estudo da PriceWaterhouseCoopers.

A pesquisa mostra que o país teve maior nível de aproveitamento das oportunidades criadas no ambiente de instabilidade e mudanças internacionais gerado pela recessão econômica, o que motivou líderes empresariais a apostarem na economia local este ano.