O mercado argentino de soluções para gestão de relacionamento de clientes (CRM, na sigla em inglês) chegará a US$ 15 milhões em 2010, cifra que atingirá US$ 18 milhões até 2013.

É o que prevê o estudo “IDC Latin America Semiannual CRM Applications Tracker 2008”, da IDC. A consultoria destaca ainda a crescente aceitação do modelo de software como serviço (SaaS, na sigla em inglês).

“Devido à situação atual, as empresas estão investindo na retenção e fidelização das suas principais contas”, comenta Mariana Zamoszczyk, analista sênior do mercado de aplicações de software do de IDC Latin America. “Pelo ROI imediato, os modelos SaaS são atraentes na hora da implementação”, completa Mariana.