A Paradigma Business Solutions, de Florianópolis, acaba de abrir uma nova unidade na capital catarinense. A estrutura tem 500 m² e representa aumento de 50% no centro tecnológico da companhia, que em 2009 pretende crescer 30%, atingindo receita de mais de R$ 8 milhões.

Conforme a CEO da companhia, Andréa Boudeville, a unidade vai atender às demandas geradas pelo lançamento de novos produtos, previsto para 2010.

Além disso, há um projeto de internacionalização dos negócios da empresa, que já atua em três continentes, bem como a preparação para o lançamento de um projeto que conectará dezenas de portais de compras eletrônicas para realização de outsourcing, o que demandará expansão da equipe técnica e de suporte.

“A renovação da infraestrutura começa com a abertura desta nova unidade num local especializado para atender empresas de alto padrão, conforme desejava o empreendedor controlador da Paradigma, Gérson Schmitt”, afirma a CEO, referindo-se ao Corporate Park, onde está localizado o novo espaço.

Para chegar aos R$ 8 milhões projetados para este ano, a Paradigma tem como estratégia lançar novos projetos de software como serviço (SaaS), ampliar os canais de venda e consolidar a presença em mercados externos.

A atuação comercial já vem sendo ampliada: um canal foi estabelecido em Porto Alegre e equipes próprias de atendimento foram baseadas em Brasília, Curitiba e Campinas.

“Internacionalmente, seguimos a expansão pela América Latina, através da parceria com a consultoria colombiana XM Compañía de Expertos en Mercados para a comercialização dos módulos da plataforma Paradigma WBC”, destaca Andréa. “Na Europa, atuamos em parceria com a inglesa Lógica em projetos nos setores de energia, derivativos, gás, certificados de carbono e contratos de transmissão para os mercados de Portugal, Espanha, França e Alemanha”, finaliza ela.

A Paradigma oferece consultoria e soluções para relacionamento e negócios eletrônicos. Além da sede catarinense, a companhia, que mantém foco nos segmentos de energia, governo, mercado de capitais, manufatura e serviços, conta também com escritório em São Paulo.

A carteira de clientes da empresa traz nomes como Vale, Petrobras, Caixa Econômica Federal, Dell e Peugeot, entre outros. Além disso, no segmento de energia, com a plataforma Paradigma WBC Energy, a empresa atendeu a mais de 90% das transações eletrônicas realizadas no Brasil dos últimos seis anos.

Atualmente, a ferramenta já é aplicada também em projetos na América Latina e Europa.