A Autodesk lançou nesta terça-feira, 27, o Autodesk Cloud um serviço que agrega uma dúzia de serviços online já disponíveis em apps ou na nuvem para AutoCAD, Revit e os outros produtos das suítes.

A novidade é que cada usuário com licença tem 3GB disponíveis para armazenar aquivos. Através do serviço, é possível compartilhar, marcar ou editar arquivos DWG e DWF.

O Autodesk Cloud, que está hospedado na Amazon Web Services e usa tecnologia Citrix, não incluiu ainda os produtos para a indústria do entretenimento da multinacional, estando concentrada na linha de soluções de design para manufatura e construção.

Entre os serviços que já estavam disponíveis antes, estão funcionalidades de renderização de arquivos e testes de performance de uso de energia, entre outros.

“Ao longo dos próximos meses vamos incluir mais serviços e mais linhas de produtos da Autodesk”, afirmou em webcast com jornalistas o vice-presidente de serviços da Web da Autodesk, Andrew Anagnost.

Anagnost destacou como potenciais beneficiados escritórios de arquitetura menores, para quem a tecnologia de renderização hoje não está acessível devido à exigência de processamento que a solução exige das máquinas.

Tem mais guardado

O anúncio de hoje representou poucas novidades na estratégia da Autodesk, mas a empresa prepara mais para o futuro.

Desde junho, usuários interessados em comprar o Autocad LT, podem usar uma versão de trial online, rodando na nuvem, sem baixar nada no computador.

A oferta ainda é restrita geograficamente (não está disponível para o Brasil), vale somente para o LT, a versão leve e 2D da solução da companhia e está escondida em meio à oferta do software na Amazon.

Conforme a reportagem do Baguete Diário apurou com executivos da companhia durante o Autodesk University, realizado na semana passada não há planos para o lançamento de uma solução completa em cloud computing em um futuro próximo.

“Tecnicamente, poderia ser feito hoje. Mas as expectativas de resposta do usuário e não podemos nos arriscar em um software que é a porta de entrada do universo Autodesk”, comentou à reportagem a vice-presidente de Marketing da Autodesk, Karen Brewer.