O Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) deverá investir cerca de R$ 1,2 milhão em uma solução da catarinense Softplan/Poligraph para SMT (Sistema de Multas de Trânsito).

No momento, o sistema está em fase de testes com alguns agentes do departamento baiano, responsável pelo gerenciamento de uma rede de mais de 20 mil quilômetros de rodovias estaduais.

A ferramenta visa a facilitar e garantir a exatidão das notificações de infrações de trânsito.

Por meio do GPS presente no aparelho, por exemplo, o sistema indica exatamente onde o motorista foi autuado.

Com o objetivo de diminuir as possibilidades de erros, os dados são enviados diretamente para a central com um mínimo de informações digitadas – os policiais precisarão inserir apenas a placa do veículo no sistema.

“Hoje estamos atuando com apenas um equipamento na Rodovia BA 099, que liga os municípios de Lauro de Freitas, Camaçari e Mata de São João”, especifica Rodrigo Araújo, analista de sistemas da Softplan/Poligraph.

Segundo o diretor geral do Derba, Saulo Pontes, “a intenção é que, em breve, o sistema abranja todas as rodovias estaduais e federais delegadas da Bahia, com a aquisição de 160 aparelhos”.

Quando digita as informações sobre o veículo abordado, o policial terá acesso a outras informações do veículo, como marca, modelo, cor, ano, nome do proprietário. Também é possível saber se foi roubado ou se está com a documentação atrasada.

Se autuado, o motorista recebe a notificação em sua residência em menos de uma semana.

Além dos 20 mil quilômetros de estradas estaduais, o Derba apoia a conservação dos sistemas municipais, com aproximadamente 90 mil quilômetros, distribuídos em uma área de 560 mil quilômetros quadrados.

Sediada em Florianópolis, a Softplan/Poligraph desenvolve sistemas de gestão para a indústria da construção, administração pública, projetos cofinanciados por organismos internacionais, departamentos de infraestrutura, transportes e obras e judiciário, ministério público e procuradorias.