A Fortinet, provedora de soluções de segurança de rede e gerenciamento unificado de ameaças (UTM), registrou receita de US$ 103 milhões no segundo trimestre de 2011, aumento de 35% ano/ano.

O lucro líquido no período ficou em US$ 14,5 milhões, alta anual de 111%.

Da receita obtida pela companhia californiana no trimestre, só os ganhos com a área de produtos representaram US$ 46,7 milhões, aumento de 50% em relação ao segundo trimestre de 2010, enquanto com serviços o valor foi de US$ 52,7 milhões, alta anual de 29%.

O ?faturamento geral da companhia ficou em US$ 110,2 milhões no 2T11, incremento de 22% sobre o mesmo período de 2010.

Conforme Ken Xie, fundador, presidente e CEO da Fortinet, no trimestre alguns dos mercados onde a companhia mais obteve expansão, especialmente na área de UTM, foram as Américas e a região Ásia-Pacífico.

Já Ken Goldman, diretor Financeiro da empresa, comenta que houve crescimento particularmente forte na receita, lucratividade e geração de fluxo de caixa, encerrando o trimestre com um saldo de caixa de mais de US$ 468 milhões.

“Atendemos a clientes que incluem empresas, provedores de serviços e instituições governamentais do mundo todo, abrangendo grande parte das organizações listadas no Fortune Global 100 de 2009”, afirma Xie.