A União Química, uma das maiores empresas da indústria farmacêutica brasileira, acaba de implantar SAP  em plataforma IBM iSeries com banco de dados DB2/400, com consultoria da mineira Dynpro Sistemas.
 
Segundo informações obtidas pelo Baguete Diário, o sistema que sai de cena é o BPCS, software de gestão da SSA Global Technologies, companhia adquirida pela Infor em 2006 e que já rodava em servidores IBM na empresa.
 
“Nossa empresa segue regulamentações internacionais e nacionais, por isso é mandatório que tenhamos estabilidade, rastreabilidade e segurança das informações”, explica José Luiz Junqueira Simões, gerente de Tecnologia e Informação da União Química.
 
Simões destaca que 94% dos processos da empresa são automatizados em operações distribuídas em sete localidades diferentes, incluindo o centro administrativo, três unidades fabris,gráfica e dois centros de fistribuição.
 
A implantação foi feita em 10 meses e nos primeiros cinco de operações ainda não houve uma parada do sistema.
 
Hoje, a companhia também consegue integrar totalmente um sistema legado em apenas dois meses.