O Alibaba Group, companhia chinesa de e-commerce, está lançando um sistema operacional para dispositivos móveis.

Nos próximos dias, diz a empresa, a Beijing Tianyu Communications Equipment pretende lançar o primeiro smartphone com o Aliyun – o nome da nova plataforma –, além de apresentar no fim do ano um tablet que usa o software do Alibaba.

Segundo o jornal Financial Times, o movimento vai colocar a companhia chinesa, que concorre com rivais estrangeiros como o eBay, em competição com um novo grupo de empresas.

A China é o maior mercado de telefones celulares do mundo em número de usuários, mas a maioria de seus mais de 800 milhões de assinantes móveis ainda não usa smartphones.

O país tornou-se um mercado importante para os fabricantes de telefones e fornecedores de conteúdo ligados a todos os principais sistemas operacionais móveis, incluindo o iOS, da Apple; o Android, do Google; o Symbian, da Nokia; e o Windows Phone, da Microsoft.

Ao oferecer aplicações de comércio eletrônico e pagamento a distância, o novo sistema operacional pode ajudar o Alibaba a garantir que os usuários acessem o Taobao quando eles estiverem usando acesso móvel à internet.

O Aliyun permite serviços como correio eletrônico baseado na computação em nuvem, busca na internet, previsão do tempo, mapas e navegação via GPS, informou a companhia.

Conforme o Alibaba, os desenvolvedores de aplicativos na China oferecem custos de desenvolvimento mais baixos, o que torna os preços dos smartphones mais acessíveis no país.