A Bysoft, especializada no desenvolvimento de sistemas para comércio exterior, lança o ICS – Sistema de Controle de Importação.

A ferramenta, criada pela parceira européia Conex, faz a gestão de declarações eletrônicas para a importação de mercadorias no território aduaneiro da União Européia.

“A solução foi desenvolvida para atender às normas estabelecidas pela Organização Mundial das Alfândegas (Oma), visando a garantir e facilitar a proteção dos movimentos de exportação para a UE”, afirma Edneia Moura Brito, diretora executiva da Bysoft.

O novo regulamento exige que alguns dados sejam enviados para a alfândega de entrada na União Européia antes que a mercadoria chegue ao território de destino, ou antes mesmo do embarque no país de origem.

“Para atender a este cenário, a Conex, especializada em intercâmbios eletrônicos de dados entre profissionais e autoridades aduaneiras dos 27 membros da União Européia, criou o ICS”, explica Edneia.

O sistema permite a transmissão de dados às administrações alfandegárias para análise de riscos de segurança assim que a ENS (Declaração Sumária de Entrada) for transmitida.

“A partir daí, a aduana do país de entrada recebe a mensagem, analisa os riscos relacionados à segurança e responde através de uma MRN (Número de Referência do Movimento), ou de uma resposta “No Load” (Não Embarcar), nos casos de interdição”, ressalta Alban Gruson, presidente da Conex.

Para atender ao mercado brasileiro, a parceria Conex/Bysoft criou um portal web voltado à troca de dados em formato EDI, através de transferência de dados Upstream. A ferramenta respeita as regras de cada um dos 27 componentes da UE.

“Os clientes Bysoft terão seus dados totalmente integrados ao ICS via Conex, evitando erros, redigitação e otimizando o Lead Time no processo de autorização do embarque de suas mercadorias para os países da União Européia”, ressalta Edneia.

Com mais de quatro mil licenças de uso de software comercializadas, a Bysoft detém 80% de participação no mercado de prestadores de serviços em comércio exterior. A companhia atende a 800 clientes, somando 50 mil usuários.

A carteira traz nomes como Fedex, Siemens, Ford e Caterpillar, entre outros.